moralina 10 mg

Archive for Abril, 2008|Monthly archive page

Carta endereçada ao papai noel.

In crônicas. on Abril 27, 2008 at 3:26 am

_Nada me assusta enquanto não percebo o que é, como foi, e o que um dia poderá ser. É sim! Uma divagação, e puta-que-pariu ratos fétidos, começar uma carta xingando sem nexo para falar nada e tentar dizer alguma coisa. Ainda mais a alguém e não para eu mesmo, numa época tão linda quanto essa, em que milhares de crianças sonham em serem adultas para sonharem ser crianças. Não ganhando assim brinquedos toscos, ou ganharem, dependendo do ponto vista, ou tempo, não é? Sim, foi tudo uma comparação desordenada no ínicio.

_Estás certo, tens toda razão antes mesmo de me responder, e tudo o que eu queria era apenas uma bicicleta naquele momento, amarela, nem azul, tampouco vermelha. Já passou, pode ser que se repita. Mas disso já não se sabe, ou ouviste falar? Ou ainda, como diriam os hinduístas-quanticos, tudo é cíclico, brahman que o diga.

_Vamos falar coisa com coisa, pra chegar num consenso e nos assentarmos na merda. Afinal ela cheira mal não é mesmo? Não é na merda que as coisas acontecem, que as pessoas se conhecem, que as rosas tem sentindo, pois encobertam o odor coprófilo da sociedade? Tudo isso pode soar muito bonito e sem direção. Mas até um paranaense nascido no oeste de minas gerais entenderia, alem de que, ele também já andou de bicicleta.

_Minha avó uma vez me falou quando eu era bem novinho e pouco entendia das coisas, -Tu não sabe se casa, ou anda de bicicleta menino! Acho que foi isso que me deixou assim. É certo que depois daquele dia, ainda trepei, bebi e fumei. Melhor dizendo, para expressar algo relevante, achei minha alma gêmea, degustei vinho português, mamei na infância. Afinal, andando de bicicleta ou não, as coisas têm que ser bem feitas, mesmo sendo mentiras.

_Falando em bicicletas, azuis ou amarelas, eu queria muito uma. Me comportei bem esse ano, a cor o senhor escolhe.

Agradeço desde já.

Ass: um outro qualquer.

Anúncios

Acharam o responsável!

In curiosidades. on Abril 17, 2008 at 1:53 pm

Agora é só pedir esclarecimentos.

😉