moralina 10 mg

Archive for Agosto, 2012|Monthly archive page

Sangue.

In Sem categoria on Agosto 26, 2012 at 11:44 am

Suficientemente líquido com uma cor delicada, um charme cheio de vida que a morte agradece a cada segundo, escorrendo. Além, além de tudo… Todo mundo carrega como senão houvesse veneno no mesmo lamento, nas veias. Um veneno afogado pelo amanhã de cada dia, dotado de uma respiração e um pensamento profundo tão eterno pelos batimentos da alma ou do coração. Efêmeros, passiveis de quase nada e ao mesmo tempo o todo almejável.

Vermelho dilatado por segundo. A cada tempestade, interna, externa, em cada movimento, em transformação, drogado e capitalizado. Vermelho que significaria o signo do amor, e que no final entrou em… Contraditório.

Apenas por ser vermelho e fazer parte do biológico.

Anúncios

Protegido: O discurso do homem só.

In Sem categoria on Agosto 15, 2012 at 10:03 pm

Este conteúdo está protegido com uma palavra-passe. Para o visualizar, por favor, insira em baixo a sua palavra-passe:

O incerto e a escuridão.

In Sem categoria on Agosto 14, 2012 at 9:06 am

Tanto o incerto quanto a escuridão agiam como se não houvesse certeza ou luz em seus caminhos, captavam ambas para si o espirito dos mistérios imanáveis, da falta de consciência sobre o que poderia acontecer quando estavam juntos.

Sendo que, nas suas secretas qualidades se criavam as maiores agonias pela falta do óbvio. Seja no futuro, seja até mesmo no excesso de poesia.

Contudo permaneciam juntos, andavam lado a lado, adentravam um as entranhas do outro, em noites tenebrosas ou em viagens imemoráveis. Não havia argumento certo, hora, fogueiras ou sol capazes de extingui-los. Estavam lá, em algum canto.

Fazendo o que?

Ninguém sabe.